Ponto de Pauta

Atualizado às 04h30 - 22.10.14
120 ANOS DO TJRN

Cerimônia de casamento comunitário marca comemorações

Postado as 15h45 | 04.07.2012

A Praça André de Albuquerque, localizada na lateral do Tribunal de Justiça, foi palco nesta manhã(4), do maior casamento comunitário promovido pelo Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte. Ao todo, 310 casais disseram “sim” durante a cerimônia celebrada pela magistrada Fátima Maria Costa Soares de Lima. O casamento fez parte das comemorações dos 120 anos do Poder Judiciário Potiguar.

A presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Judite Nunes, ao falar aos noivos, disse que, assim como o momento do casamento é histórico para cada um dos 310 casais presentes, o evento também era um momento histórico para a Justiça Potiguar que celebra 120 anos.

Para a presidente, a cerimônia do casamento comunitário reflete o comprometimento do TJRN com o aspecto social. “Que esta data seja para vocês uma data abençoada; que não lhes faltem à benção de Deus; que todos vocês sejam muito felizes”, concluiu a desembargadora Judite Nunes.

Para a desembargadora Maria Zeneide Bezerra, coordenadora do Núcleo de Programas e Projetos do TJRN, os programas sociais do Tribunal têm aproximado o Judiciário da população e inserir o casamento comunitário nas comemorações é uma forma de celebrar junto com o povo mais este marco na história do Judiciário Estadual.

Para os noivos, o momento é de muita alegria. Samila da Silva e Glayton da Silva se destacaram entre tantos noivos porque ela fez questão de vir a caráter. Casar vestida de noiva era um sonho que ela não hesitou em realizar mesmo em praça pública. O casal já morava junto há quase 1 ano, mas a ausência de recursos financeiros havia adiado a data do casamento, para a noiva a ideia de casar juntamente com outros casais só deixou tudo ainda mais bonito.

A juíza Fátima Soares falou aos noivos da importância do casamento e de como este ato civil faz nascer uma nova família.

“Hoje vocês ganham novos parentes, mudam de estado civil e assumem novos direitos e obrigações, mas não esqueçam que o mais importante de tudo isso é o amor”. As cantoras Elihana Elias e Eliyah Elias embalaram a cerimônia com músicas românticas que emocionaram os casais.

Também participaram da solenidade de abertura das festividades o vice-presidente do TJRN, desembargador Expedito Ferreira; o Corregedor Geral de Justiça, desembargador Cláudio Santos; o Ouvidor do Poder Judiciário, desembargador Anderson Silvino; a presidente da AMARN, dra. Hadja Rayanne; a defensora pública geral do RN, dra. Jeanne Karenina Santiago Bezerra; além do desembargador Amaury Moura Sobrinho.


Fonte: TJRN


Copyright © 2014, Ponto de Pauta - Todos os direitos reservados